Entenda o Preenchimento Nasal!

O preenchimento facial tem se tornado uma ferramenta importante no arsenal do cirurgião plástico para correção de algumas queixas dos pacientes. Muito utilizado na prevenção do envelhecimento facial, a aplicação de ácido hialurônico pode ser uma grande saída para a melhora do formato nasal, evitando muitas vezes um procedimento cirúrgico.

Entretanto, é de vital importância que seja utilizado somente para os casos em que há indicação precisa, após uma avaliação minuciosa de cada caso. O nariz é importantíssimo para o equilíbrio das feições faciais e deve estar em harmonia com os restante do rosto do paciente, além de estar no centro da face. O cirurgião deve avaliar as proporções do nariz com o restante da face, além das suas estruturas em si, como o dorso, a ponta, a columela, etc.

Dessa forma, é possível avaliar se o tratamento com preenchimento é uma opção adequada. É possível, em casos selecionados, suavizar a giba dorsal (o “ossinho”, como muitos pacientes referem), elevar e projetar a ponta, e criar uma melhor transição dorso-ponta. Porém, existem casos que a indicação é cirúrgica, e deve-se respeitar as limitações do que pode ser feito com o preenchimento.

Além disso, o nariz é um dos locais de vascularização mais complexa da face, o que torna o procedimento de preenchimento nasal um preenchimento avançado. Isso quer dizer que, apesar de menos invasivo que a cirurgia, o procedimento deve ser realizado por médico especialista (registrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), treinado e experiente, para evitar complicações que podem ser graves. É importante passar em consulta para a avaliação adequada e minuciosa do seu caso, e verificar se você é o candidato ideal para esse procedimento.